Fromago participa no ‘Festival do Queijo de Portugal’ em Castelo Branco

Durante este evento, foi promovida a marca Fromago e a marca de queijo Zamorano do Conselho Regulador da Denominação de Origem.

Fromago continua a atravessar fronteiras e, no passado fim de semana, fê-lo em Portugal, onde se realizou o “Portugal Cheese Festival”. Na região de Castelo Branco, onde decorreu a feira, foi promovida não só a feira, mas também a marca Queijo Zamorano do Conselho Regulador da Denominação de Origem.

Desta forma, o quarto vice-presidente e deputado para o Desenvolvimento Económico, Alimentação de Zamora e presidente do Ifeza, Emilio Fernández Martínez, e o diretor-geral da Instituição Ferial de Zamora, Sergio de Fuentes Román, estiveram presentes como representantes de Zamora, promovendo o nosso produto estrela.

Esta foi a última visita realizada no âmbito do Projeto Missões Globais Zamora, financiado pelo Ministério da Transição Ecológica e Desafio Demográfico, encerrando assim as cinco acções comerciais desta edição.

O balanço deste encontro no país vizinho, que celebrava a sua 23ª edição, foi muito satisfatório, uma vez que a feira portuguesa deu origem a novas inscrições para a Fromago 2024, sobretudo de produtores portugueses e galegos.

O objetivo do encontro era reunir, num único evento, todos os intervenientes no processo de produção de queijo, com o objetivo de unir o sector e os sectores afins, a fim de gerar diferentes sinergias.

Durante os três dias do evento, os participantes e visitantes puderam desfrutar de diferentes palestras, conferências, encontros, um concurso de queijos, concertos e múltiplas actividades relacionadas com o produto estrela da região e com todos os que se reuniram para o efeito.

Este ano participaram um total de 160 expositores, dos quais 60 eram só de queijo, enquanto os restantes 100 eram constituídos por produtores de diferentes produtos, como enchidos, mel, doces e artesanato, bem como tabernas e stands institucionais.

Tradição do queijo português

A vila de Alcains, onde se situa a feira, tem uma importante tradição agrícola, ligada à produção de fruta, azeite, vinho e, sobretudo, queijo, o que a tornou num espaço perfeito para o desenvolvimento de inúmeros produtos gastronómicos.

Na região de Castelo Branco, produzem-se diferentes tipos de queijo, todos eles artesanais e cheios de história e tradição. É à base de leite de ovelha da raça Merino e de leite de cabra das raças Charnequeira ou Serrana.

Alguns destes tipos são:

  • Queijo da Beira Baixa, amarelo: queijo produzido a partir de leite cru de ovelha e de cabra, com um sabor forte e picante. Tem um touro amarelado.
  • Queijo da Beira Baixa, picante: é fabricado com leite cru de ovelha e de cabra. Com um aroma picante, tem uma cor acinzentada e uma pasta semi-dura.
  • Queijo Beira Baixa, Castelo Branco: produzido a partir de leite cru de ovelha. É um queijo curado, semiduro ou semimole, de cor amarelada.

O queijo tornou-se uma das imagens de marca deste território português.Por isso, é o epicentro de muitas das actividades que se realizam ao longo do ano na região, como é o caso desta feira do queijo em Castelo Branco, sob o nome de “Festa do Queijo de Portugal”.



Subscrever a nossa newsletter

Bem-vindo ao nosso Centro de Subscrição de Newsletter. Inscreva-se no seguinte formulário para receber as últimas notícias e actualizações da nossa empresa.

× ¿Cómo podemos ayudarte?